segunda-feira, 30 de maio de 2016

Relator pedirá cassação de Cunha; acusações de propina ficarão de fora do relatório

Relator pedirá cassação de Cunha; acusações de propina ficarão de fora do relatório

O deputado Marcos Rogério (DEM-RO) pedirá a cassação do mandato de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mas o relatório deixará de fora as acusações de que o presidente afastado da Câmara dos Deputados recebeu propina do petróleo. Segundo informações da Folha, o documento vai se limitar a dizer que o peemedebista mentiu aos seus colegas ao negar, em depoimento à CPI da Petrobras, que tinha contas no exterior. Aliados do ex-presidente decidiram apelar para restringir a acusação à questão das contas no exterior. O apelo foi atendido por Rogério que já admitiu abrandar a pena. Os aliados do deputado também alegam que o simples fato de ter mentido na CPI não é motivo suficiente para cassação. Rogério entrega formalmente seu relatório ao Conselho de Ética da Câmara na manhã desta terça-feira (31). Cunha só perderia o mandato caso pelo menos 257 dos 512 parlamentares votem nesse sentido no plenário da Casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário